sábado, 27 de junho de 2020

GARNISÉ - OBRA INACABADA - portfólio 9





Trata-se de um romance que eu escrevi (completo, não publicado), que adaptei a BD, a preto e a cores (incompleto), a que dei o título de "Garnisé", alcunha de uma das personagens.

quinta-feira, 18 de junho de 2020

domingo, 14 de junho de 2020

domingo, 24 de maio de 2020

ILUSTRAÇÃO DE CAPA - CESÁRIO VERDE - portfólio 8


Por solicitação do editor, fiz a capa da edição "Poesia Completa e Cartas", de Cesário Verde, para a editora MEL, em 2001.
Trata-se de um volume de 232 páginas, em papel creme e de boa gramagem, em edição cartonada.
Ilustrei também a contra-capa, um "pic-nic" com uma estrofe de "O Livro de Cesário Verde" (1887), da poesia "De tarde".
O conjunto destas ilustrações foi impresso nas guardas da capa e contra-capa, em montagem com o manuscrito do poeta, com planificação gráfica da Multiponto.
Foi tudo executado a aguarela.


sexta-feira, 15 de maio de 2020

CRIME NA ALTA RODA - portfólio 7


Já não é a primeira vez que trago a este blog o trabalho que hoje registo. "Crime na Alta Roda" constitui um mistério nunca desvendado, que fez tremer o antigo regime do Estado Novo. Como o título indica, passou-se no círculo da alta sociedade portuguesa de então.
As quatro páginas apresentadas são as primeiras, as quais preparei com legendagem nova e aperfeiçoamento dos enquadramentos.




sexta-feira, 8 de maio de 2020

TO CATCH A THIEF ou LADRÃO DE CASACA - portfólio 6


Nas minhas arrumações de quarentena, encontrei no arquivo estas páginas desenhadas. Tratou-se de um projecto inacabado, que suspendi para pegar em outro, como é meu hábito. Baseado no filme de Alfred Huitchcock "To Catch a Thief", que em Portugal recebeu o título de "Ladrão de Casaca", esta película encantou-me por ter como "protagonista", para além de Cary Grant e Grace Kelly, um Citroen 11 CV "arrastadeira".


Desenhei algumas páginas, de que reproduzo uma, sem legendagem, que respeita à perseguição policial (num Citroen 11 CV) ao par John Robbie (O Gato, interpretado por Grant) e a Frances (Grace) numa estrada da Rivière francesa.


Muito resumidamente, a película centra-se no ex-ladrão de jóias Robie, principal suspeito de uma onda de roubos naquela estância de França.
Não deixei também de fazer uns rabiscos sobre a figura do grande realizador britânico.

O carro, também conhecido por "Traction Avant" sempre me seduziu. Acho que tem as linhas perfeitas, é lindo. Pode transportar 5 pessoas, tem 4 cilindros de 1.302 cm3 a potência de 32 cavalos.
Num outro trabalho, que também metia espionagem, voltei a desenhá-lo, numa doca com um estilo de linhas rabiscadas.

quinta-feira, 7 de maio de 2020

D. EGAS MONIZ, O AIO - portfólio 5


Com uma generosa tiragem, o que permitiu a distribuição gratuita de 6.000 exemplares, por todos os estabelecimentos de ensino do concelho de Lamego, este álbum de BD deu-me gosto em elaborar. Apenas tive de corrigir um pormenor importante numa das vinhetas, a conselho dos historiadores locais, retirando uma torre sineira da igreja de Almacave, não existente ao tempo da acção histórica. 



Este álbum, com apenas 32 páginas, teve como sustento uma pesquisa onde o equilíbrio e a efabulação é evidente, como foi dito por alguns críticos. Ainda disseram que "todos os desenhos referentes a locais onde a vida de Egas Moniz se desenrolou transmitem fielmente, no espaço e no tempo, a era histórica da sua existência" (Lusomundo/Jornal de Notícias).


Conta-nos a vida de Egas Moniz, desde a educação de D. Afonso Henriques até ao resgate da sua vida e penhor da família para salvar a honra e a dignidade da palavra.


Este trabalho foi-me proposto pelo editor da "Época d'Ouro" e foi feito num tempo record, todo a cores de aguarela e tinta da china.
A edição é de 2003, e não sei se houve mais alguma.